Fome emocional, saiba a diferença entre fome e vontade de comer

Fome emocional, saiba a diferença entre fome e vontade de comer

Você sabe diferenciar a fome da vontade de comer?

A Fome emocional

Fome e fome emocional mais conhecida como vontade de comer são sensações distintas. Se não identificadas corretamente, podem dificultar sua chegada ao peso ideal. A fome é um sentido diretamente relacionado com as necessidades biológicas do organismo. Ela ocorre quando as reservas de nutrientes e energia estão escassas.

Quando sentimos fome ocorrem sinais físicos fáceis de serem identificados. Desconfortos ou até mesmo dores no estômago, sons semelhantes a roncos ocasionados por contrações musculares no estômago e ainda. Quando a fome é excessiva, tontura, fraqueza e dores de cabeça podem também ocorrer.

Após o consumo dos primeiros alimentos da refeição esses sinais cessam e a saciedade é promovida.

O que é vontade de comer?

Já a vontade de comer, também chamada de “fome emocional”, por sua vez é uma sensação não relacionada às necessidades biológicas do organismo, e que na maioria das vezes está associada a características emocionais e psicológicas. Frequentemente a vontade de comer se manifesta como o desejo de consumir um alimento ou tipo de alimento em específico. Normalmente estes alimentos são: chocolates, batatas frita, massas ou doces no geral. Essa vontade não apresenta sinais físicos. O desejo pelo alimento se torna o principal foco de seus pensamentos durante todo dia.

Nenhum outro alimento é capaz de satisfazer à vontade e proporcionar a sensação de prazer e conforto, somente o alimento desejado.

Realizando uma alimentação saudável

A fome não deve ser tratada como sua inimiga, pois ela não é algo ruim. Afinal é uma necessidade do seu corpo que veio a tona, por isso quando a fome chegar realize sua refeição saudável, dê preferência, a uma refeição colorida e saborosa, mastigue bem os alimentos com calma, descanse o garfo no prato entre uma garfada e outra, desfrute o sabor de cada alimento e, sobretudo, fique atento a como o seu corpo responde à refeição, não demais ao ponto de se sentir estufado.

Quando a vontade de comer um chocolate não sair da sua cabeça, o melhor a se fazer é buscar alternativas que desviem a sua atenção, tirando o foco do alimento. Se a vontade de comer persistir mesmo após o consumo do alimento, busque atividades que te distraiam. Leia um livro, assista um bom filme, ouça músicas, limpe a caixa de e-mails, arrume o guarda-roupa, ou mesmo pratique uma atividade física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *